abril 24 2018 0Comment

Governo federal lança painel para acompanhamento de quase 100 mil obras

Por Alexandro Martello, G1, Brasília – Matéria de 

Obras cadastradas desde 1998 representam um investimento de R$ 1,2 trilhão e abrangem três programas do governo federal, entre eles, o PAC, Programa de Aceleração do Crescimento.

O governo federal lançou nesta terça-feira (24) um painel de acompanhamento de obras do governo federal, no qual é possível saber se o contrato está em fase de execução, se está cancelado ou em prestação de contas, informou o Ministério do Planejamento.

De acordo com a pasta, há 98.499 obras cadastradas no painel, iniciadas de 1998 em diante, representando um investimento de mais de R$ 1,23 trilhão (valor sem correção de inflação, mas que considera aditivos contratuais).

Das obras que compõem o painel, 43,99% estão em execução, 36,25% foram concluídas, 7,96% foram canceladas e 5,92% estão em execução de contas.

O objetivo da nova ferramenta, informou o Ministério do Planejamento, é possibilitar a visualização dos valores investidos, situação atual, execução física e execução financeira das obras.

“Com a criação do painel de obras, a sociedade em geral e o governo são beneficiados. Gestores públicos e órgãos de controle passam a ter acesso unificado, sistematizado e parametrizado a informações que antes estavam em sistema diversos”, avaliou o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

Segundo o governo, o painel de obras conta com informações dos Sistemas de Transferências Voluntárias da União (Siconv), do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), dos governos do PT, e do Avançar, lançado pelo governo Temer no fim do ano passado.

Das obras apresentadas no painel, 43.293 estão em execução atualmente, sendo 28.935 delas listadas no Siconv, no valor de R$ 27,99 bilhões; 8.379 obras do PAC (R$ 485 bilhões) e 5.979 do programa Avançar (R$ 334 bilhões).

A consulta de dados pode ser feita por meio de alguns filtros, como pelo município onde a obra está localizada, o ano ou o órgão público, informou o governo. Outra funcionalidade do sistema de consulta é a possibilidade de exportar dados de um contrato específico para planilhas de excel, ou PDF.

 

Write a Reply or Comment